Warning: fopen() has been disabled for security reasons in /home/storage/0/3f/f3/maybe/public_html/blog/wp-includes/pomo/streams.php on line 109
Maybe Not » Empresas Multimídias
Por uma relação mais verdadeira no espetáculo do futebol
10 de May de 2012 – 14:04 | 4 Comentários

Nada contra o merchandising, longe disso. Mas acho que a Brahma poderia explorar de maneira muito menos grotesca do que essa. Estampar a logomarca na bandeira estendida pela torcida de forma a chamar mais à …

Leia todo o texto »
Cultura

Economia

Mídia

Política

Tecnologia

Home » Cultura, Mídia, Tecnologia

Empresas Multimídias

Submitted by Diogo on 21 de September de 2008 – 13:277 Comments
Empresas Multimídias

O fenômeno da internet

Um grupo prisional nas Filipinas realizou a encenação da música Thriller do Michael Jackson por iniciativa própria. Em pouco mais de 1 ano, seu vídeo já foi visto por mais de 18 milhões de vezes no You Tube.


Presos dançando Thriller

Porquê o You Tube é popular e devemos estar nele?

Desde o seu início, em 2005, o You Tube se mostrou um novo formato de transmissão de mídia em massa com incrível capacidade de adesão, com o forte atrativo do conteúdo ser gerado pelo usuário. Hoje, possui mais de XXX milhões de usuários que o acessam diariamente. Só no Brasil, quase 30% dos internautas visita a página do You Tube todos os dias, em sua maioria jovens (de até 40 anos )e adolescentes.

Porque usar o You Tube?

Por sua imensa capilaridade, o You Tube gera todo o tipo de conteúdo e por dar total liberdade de expressão ao usuário, muitas vezes cria situações embaraçosas para as empresas. Neste caso, apresento um vídeo que foi uma resposta da EA Games sobre uma falha do seu jogo de golfe lançado em 2008. Nele, um usuário, Leviantor2005, mostra que o jogador Tyger Woods consegue bater uma bola ‘sobre a água’ e, ironicamente, intitulou de “Jesus Shot” (Tacada de Jesus). E o quê fez a EA Games? Capitalizou o erro a seu favor e criou uma peça exclusiva para o You Tube, respondendo com um vídeo o usuário e muito bem por sinal, sem nem precisar fazer um ‘recall’ do jogo.


The Jesus Shot of EA Games

No Mundo

O número de usuários de computador vai dobrar até 2012, chegando a 2 bilhões. A cada dia, 500 mil pessoas entram pela primeira vez na Internet[01], a cada minuto são disponibilizadas 13 horas de vídeo no YouTube e cada segundo um novo blog é criado[02]. Em 1982 havia 315 sites na Internet[03]. Hoje existem 165 milhões[04].

Número de usuários

41,5 milhões de internautas segundo o Ibope/NetRatings[05] ou 59 milhões segundo o DataFolha[06]. Ambos os institutos consideram apenas os internautas maiores de 16 anos. Nas áreas urbanas, 44% da população está conectada à internet[07]. 97% das empresas brasileiras estão conectadas à internet[08].

Internautas residenciais ativos

23,7 milhões de pessoas acessam regularmente a Internet de casa, um aumento de 28% de julho de 2007 a julho de 2008[09]. Segundo o PNAD do IBGE, 20% das residências têm acesso à Internet[10]. Segundo Alexandre Sanches Magalhães, gerente de análise do Ibope//NetRatings, o ritmo de crescimento da internet brasileira é intenso. A entrada da classe C para o clube dos internautas deve continuar a manter esse mesmo compasso forte de aumento no número de usuários residenciais.[11].

Gráfico exibindo o crescimento da internet nas residências, com uma penetração de 8,6% em 2001 até 20,4% em 2007

Tempo de navegação

Desde que esta métrica foi criada, o Brasil sempre obteve excelentes marcas, estando constantemente na liderança mundial. Em julho de 2008, o Brasil quebrou seu próprio recorde, com 24 horas e 54 minutos de tempo de navegação por pessoa. O Brasil está à frente de países como Alemanha (21h06m), EUA (20h50m), França (20h17m) e Japão (19h21m)[12].

Comércio eletrônico

No primeiro semestre de 2008, as compras obtiveram aumento de 45% em relação a igual período de 2007, somando R$ 3,8 bilhões. São 11,5 milhões de consumidores, com um gasto médio de R$ 324[13]. 87% dos internautas utilizam a rede para pesquisar produtos e serviços[14].

Publicidade on-line

A internet se tornou o terceiro veículo de maior alcance no Brasil, atrás apenas de rádio e TV[15]. Mas, no Brasil, apenas 3,36% do total das verbas publicitárias são destinadas à web[16]. Por outro lado, este ano na Inglaterra a internet ultrapassará a televisão como o maior meio de propaganda, com 19% do total gasto em publicidade[17].

Venda de Computadores

Segundo a Abinee, as vendas chegarão a 13 milhões de unidades neste ano (5,5 milhões de notebooks e 7,5 milhões de desktops), crescimento de 30% sobre 2007. Caso esta projeção se confirme, o Brasil dobrará as vendas em apenas três anos, uma vez que em 2005 foram vendidos 5,6 milhões de computadores[18]. Em três anos, baseado em dados “conservadores”, o Brasil deve alcançar 100 milhões de computadores[19]. Quanto às empresas, 95% possuem computador[20].

Banda larga

Atingimos 10,04 milhões de conexões em junho de 2008: um ano e meio antes do previsto, já que essa era a projeção para 2010. Em fevereiro deste ano, a Cisco subiu a previsão para 15 milhões, mas, devido a esse último resultado, já pensa em rever esta meta[21]. Quanto ao volume de dados, o incremento foi de 56 vezes de 2002 até 2007. E a projeção é de um aumento de 8 vezes até 2012[22]; o número de conexões móveis cresceu de 233 mil para 1,31 milhão em um ano[23,]; o estado do Rio de Janeiro ganhará, até julho de 2009, um sistema gratuito de banda larga sem fio (Wi-Fi), já em funcionamento em Copacabana[24].

Um mundo de telas

Em novembro de 2007, já existiam 3.3 bi de celulares ativos no mundo [25]. Só no Brasil temos quase 140 mi de usuários. Sendo que de 8 em cada 10 donos de celular o usam como despertador. 60% dizem que o telefone móvel já tomou o lugar da agenda eletrônica. Para 58% dos usuários, o celular é o primeiro relógio consultado. Para 21%, o equipamento móvel já desbancou a câmera digital. E agora a TV Digital chega ao celular. Os aparelhos já saem ao confortável preço de R$380,00 no plano de 90 minutos da Vivo. Há, ainda, aparelhos como o Folston, baratinhos, com acesso à TV Digital. A meta da Samsung, anunciada no Fórum de TV Digital é a da venda de até 800 mil celulares com TV até o fim deste ano.

A produção atual de conteúdo

Antes do digital, o conteúdo gerado de um produto era inseparável de sua forma. Com o digital isso não mais acontece, passa a ser indexado e exportado para diferentes telas, simultaneamente. Assim, temos uma radicalização na forma como o conteúdo é gerado, impondo a necessidade de descrição do título, descrição e linkamentos em todos os trabalhos. Mas, desta forma, se consegue transmitir do celular à TV Digital o conteúdo produzido, de forma direta e correta.


Conteúdo 2.0

7 Comentários »

Leave your response!

Add your comment below, or trackback from your own site. You can also subscribe to these comments via RSS.

Be nice. Keep it clean. Stay on topic. No spam.

You can use these tags:
<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

This is a Gravatar-enabled weblog. To get your own globally-recognized-avatar, please register at Gravatar.